11.2.16

Amigas até ontem - Capítulo 3


Final da tarde chegou, e então resolvi entrar pois já estava ficando frio, todos continuavam lá na beira da piscina conversando, subi para o quarto, em cada quarto havia seu próprio banheiro, decidi tomar banho para tirar a água de piscina que estava impregnado em mim, fechei a porta do banheiro e  lá estava eu viajando enquanto a água escorria sobre meu corpo e óbvio, com o pensamento em Bruna, naquele sorriso lindo, naquele corpo perfeito, naquele olhar tentador, imaginei ela ali comigo, fechei os olhos e comecei a ver ..ela entrando pela porta, só de biquíni sorrindo pra mim  porém dessa vez um sorriso malicioso e em câmera lenta caminhando ao meu encontro, me olhando nos olhos e apertando minha cintura com mais força do que aquela primeira vez e seguida de uma ação deliciosa:  me jogando contra a parede ...e seu corpo colado apertando o meu, sem demorar muito para me beijar, a ponto de não parar para respirar , eu tendo o prazer de sentir cada parte do seu corpo, ela beijando meu pescoço como que quem quisesse aquilo mais do que nunca e nesses pensamentos começo a deslizar as minhas  até escutar alguém batendo na porta.
-Quem é?
-Bruna, queria saber se você precisa de toalha?
lembrei que nem tinha pego a toalha então claro que iria querer ..se bem que ..
- Não, não precisa , obrigada.
me ensaboei logo e torci para que Bruna estivesse no quarto e bingo, para minha sorte ela estava lá lendo um livro sentada na cama, eu nem boba nem nada sai como? Isso mesmo, como vim ao mundo. Não olhei para ela, quis parecer como se não fosse nada demais, até porque não era, por sermos amigas Bruna já tinha me visto de roupas íntimas, só que dessa vez era diferente, havíamos nós beijados, e estava rolando algo entre a gente , não estava?
Fui para a cômoda que havia no canto do quarto e peguei um creme corporal, estava de costa para ela, e então me virei de frente e notei que ela estava disfarçando fingindo que nem queria ver, coisa que eu duvido.
-O que está lendo?
-um livro.- disse sem tirar os olhos dele.
-Está gostando ?
-Interessante.
-Mais do que eu ?
ela então olhou pra mim, nos meus olhos, colocou o livro na cama e levantou vindo em minha direção , fez o que sabia fazer de melhor ..encostar sua boca pertinho da minha, e disse
- o que você quer Manoela?
- Que a gata me leve ao céu.
ela mordeu os lábios de um jeito aiai
E então finalmente, me atacou de jeito, pôs a mão em minha cintura,me beijondo tão gostoso, nossas línguas se cruzaram , nossas bocas percorriam uma da outra, minhas mãos foi com certo medo mas aos poucos foram deslizando em suas costas enquanto sua boca já estava beijando meu queixo e não demorou muito para chegar ao pescoço , caramba, que delícia, suspirei alto.Ela não parou ..sua boca percorria no meu pescoço e na minha nuca ... E então com uma voz toda mole , disse perto do seu ouvido
-me leva pra cama..
ela levantou a cabeça, entre beijos  me puxou para perto do seu corpo enquanto caminhavamos em direção a cama, ela de costas  para a cama se sentou, encostou- se na parede sem tirar os olhos de mim e então eu me sentei em seu colo, ao mesmo tempo que fiquei com vergonha me sentia a vontade
- você é linda
- Só linda ?
- Sabe que não, entre diversas qualidades também posso destacar a de gostosa.
- Sou? Como sabe se nem provou?
- Não seja por isso.
Ela pegou meu pescoço e levou minha boca para a dela, dava uma mordida bem gostosinha..enquanto sua mão passava pelo meu bumbum, logo ela já estava com as duas mãos nele, uma de cada lado ..apertando e dando alguns tapas, resolvi entrar na onda e deixar meu medo de lado , no momento eu a queria tanto quanto ela me queria, segurei seus cabelos e a empurrei contra os meus seios,  ela começou a chupa-los ..passou a língua em um e depois em outro, isso já me arrancou um belo gemido, começei a rebolar, mas aquele vestido dela estava me atrapalhando ...me levantei da cama e trocamos de posição , ela deitada. ..ajudei logo a tirar sua roupa,  arranquei aquele vestido que impedia contemplar a visão que mais esperei , sem sutiã e de calcinha azul clara,delícia, vocês nem imaginam, seus seios eram médios com um biquinho super durinho que me fez ficar molhadinha, me deu uma vontade louca de experimentar ..fui sentando em suas pernas, dei um longo beijo naquela boca maravilhosa, minhas mãos já apertava seus seios que modéstia parte eram gostosos pra caralho, não me aguentei e da boca fui para baixo ...passei a língua e então chupei o biquinho, deixando ele molhado, dei uma lambida olhando pra ela e depois coloquei ele todo em minha boca e chupei como nunca havia pensando que um dia eu poderia fazer ..estava uma delícia ..escutei alguns gemidos e fiz a mesma coisa com o outro, coloquei ele todo dentro da minha boca , deixei-o molhado ....levantei me e ainda sentada sob ela, comecei a rebolar levando minhas mãos aos meus cabelos ...acreditando que aquela é uma posição perfeita para admirar o corpo de alguém ..ela começou a tocar os meus seios, apertar.. Não demorou muito e aquela mulher calminha já estava indo embora, assim chegando uma mulher cheia de tesão e amor para dar, pronta pra me devorar, era o que parecia e era o que eu queria, ela se levantou, segurou minha coxa tirando -a de cima da sua, me deitou de barriga pra cima...começou a beijar meu pescoço ..passou a língua...e deu um chupão que me fez gemer, foi descendo, beijando meu colo..meus seios até abocanha-los colocando tudo em sua boca , eram grandes e percebi que a deixava com ainda mais tesão, apertava e beijava, chupava tão gostoso
-Ai delícia, não para ..vai..
-É ?? Gosta é?
-Delicia caralho, me chupa vai ...chupa porra.
Ela chupava o biquinho que já tava parecendo uma pedrinha ,já estava quase me contorcendo de tão gostoso que estava, depois de muito chupar e me deixar encharcada fui beijada mais uma vez, ela beijava minha barriga..passou a língua em meu umbigo e que delícia caralho..quando vi, la estava abrindo minhas pernas.
-Quero você assim, vou te foder como ninguém nunca fodeu!
meu, que caralho,depois de escutar isso me derreti, essa mulher pode fazer o que quiser comigo. Literalmente, o que quiser !
Senti sua língua , a pontinha bem no meu clitóris ...aaaiiii porra, e então uma lambida, duas lambidas...gemi, um tanto quanto alto e então ela segurou minhas coxas em uma posição que sua cabeça ficou apenas na minha buceta...porra , caralho ...ela chupava..chupava..chupava..e eu não me aguentei, gemi alto, sem medo se me escutassem e ela não parava de me chupar, continuava chupando, passava a língua, chupando, dando lambida ... e eu estava prestes a gozar, aquela mulher acabava comigo.
- se você continuar gritando, vou ter que parar.
- Aaaii -gritei ainda mais alto
e então rapidamente ela se levantou e
Abriu minhas pernas, sentou na minha buceta , a minha perna direita em seu ombro, começou a rebolar, estávamos em êxtase, caralho que bom era aquilo, meus olhos reviravam ao sentir aquela buceta esfregando na minha .... Ela enfiou seus dedos na minha boca e rebolava, que cachorra ..rebolava rápido, gostoso e não cansava ...não passou muito tempo e eu já estava trêmula.. Gemi alto e ela logo entendeu ..se deitou, me abraçando e me beijando , eu totalmente sem forças apenas sorri e disse...
-não sei se me levou ao céu, mas me fez sentir o que eu nunca havia sentido antes .
-Ainda não viu nada minha linda!

2 comentários: