9.2.16

Amigas até ontem - Capítulo 1


Meu nome é Manoela, mais conhecida como manu, inclusive pode me chamar assim tá? Bem, eu sou heterossexual ou era até ontem..agora nem sei mais, bem ..sou uma mulher atraente,pelo menos me considero, recebo vários elogios porém nenhum deles me atrai pois tenho namorado, aliás ex namorado, terminamos ontem mesmo, tudo isso depois de descobrir uma traição, confesso que fiquei muito triste e então liguei para minha amiga, Bruna.. E ela me convidou para ir em seu apartamento, como eu estava afim de desabafar,conversar com alguém e já que ela morava sozinha não pensei duas vezes, me vesti, blusinha branca e calça jeans, nada produzida e fui, Bruna sempre foi carinhosa e amiga, uma companheira e tanto nas baladas, chegando ao seu apartamento; fui entrando ao condomínio, logo estava eu tocando sua campainha, e ao abrir ela estava maravilhosamente linda, meus olhos até brilharam com tanta beleza, Bruna era uma mulher estonteante, era loira, tinha um corpo bem desenhado, cabelos médios e sorriso encantador.
-Caramba ! Como cê ta linda !
-Eu?
-Não, eu
-Ah você realmente é uma linda
fiquei sem graça depois desse elogio, e logo ela segurou minha mão com um sorriso lindo na boca, e me puxou para dentro do AP.
- por que me chamou se vai sair ?
- Porque você vai comigo oras.
- Eu? Sair ?
- Sim, você!
- Bem que eu queria viu, mas tô triste, sem ânimo total
- Olha eu sei que te liguei para você vim conversar mas o melhor que tenho a fazer e te oferecer é minha alegria e algum tiquinho de diversão.
- já é alguma coisa, mas não quero te atrapalhar, e depois realmente estou sem condições, então acho que é melhor eu ir  Bruna.
- De jeito nenhum - Disse ela, segurando meu braço.
- Manu eu sei que você gostava dele mas ele não te merecia, não era a primeira nem a segunda vez que ele ficou com outras, sabia que tem muita gente afim de ter apenas uma chance com você? Desencanta e aproveita menina. Dei um sorriso bem bobo e logo perguntei
- Ah é? Dessa eu não sabia, será quem é "essa muita gente"?
- Pra ser mais específica, é apenas "uma gente"
- Quem é o gato ?
- E se for uma gata ?
Dessa vez fiquei parada sem dizer nada, e depois dei uma risada e soltei
- De gata atrás de mim já teve algumas, mas meu lance é gatos.
Bruna depois de me dizer essa frase, me olhou nos olhos de uma maneira que nunca havia me olhando antes, e logo se aproximou de mim, colocou as duas mãos em minha cintura , e eu continuava imóvel e com a respiração já acelerada, Bruna colocou os dedos em meu rosto, acariciando e encostou sua boca pertinho da minha, de modo que eu podia sentir sua respiração e sua fala
-Nem se a gata te levar ao céu?
e então senti sua boca na minha, seus lábios macios, delicados tocando os meus bem devagar enquanto sua mão apertava minha cintura, e a outra mão entre meus cabelos, meu olhos se fecharam e pude sentir aquela sensação nova, o beijo foi ficando mais rápido, sua língua percorrendo minha boca, meu corpo sendo puxado para perto dela, aquela pele macia, quente, delicada e então ela foi parando devagarinho dando uma leve mordiscada em meus lábios .
Não consegui olhar para ela, ainda assustada e não sabendo o que tinha acabado de acontecer, fui desesperada para ir embora, não queria ficar ali depois daquilo, não sabia o que dizer ou fazer.
-espera, não precisa ir.
só isso que ouvi de Bruna pois já estava caminhando o mais rápido que eu podia para sair dali, quase correndo..
                                                                                                                   Capítulo seguinte 

Instagram (Bler)       +Contos   #Blercontos

Nenhum comentário:

Postar um comentário